quinta-feira, 26 de julho de 2012

Esquecidos

Esquecidas ficam as chaves quando as deixamos em casa e delas necessitamos para voltar a entrar.
Esquecidos são os trabalhos de casa quando a criança se entretém na brincadeira com os amigos.
Esquecidos, diz-se, são os que comem queijo.
Por esquecimento, ou não, deixamos as contas para pagar em cima da secretária.
Esquecidas ficam as pétalas de rosa e o arroz não cozido à porta da igreja.
Esquecemo-nos, por vezes, de dizer "Adoro-te" às pessoas que mais adoramos.
O esquecer é sempre inconsciente e pode afectar qualquer pessoa, de qualquer faixa etária ou religião.
Entretanto, apercebi-me que esqueci de dizer que te esqueci, só queria relembrar-te disso.
E eu tinha-me esquecido do quão imbecil as pessoas podem ser.
Agora, não volto a esquecer.

5 comentários:

  1. O esquecimento é uma das tuas características mais enervantes! No entanto, por muito esquecida que sejas, nunca pensei que te fosses esquecer do quanto imbecis podemos ser!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai sim? Então, achas que é impossível esquecer o quão imbecis as pessoas podem ser?

      Eliminar
  2. Lol, acho...
    Por muito esquecido que seja, nunca me esqueço disso!

    Deves pensar que tenho dinheiro para ir todos os dias a França ou a Espanha, ou a onde quer que tu estejas a passear!

    ResponderEliminar